Em mais uma reunião ordinária na noite desta segunda-feira (9) os vereadores aprovaram por unanimidade Moção de Pesar a Família de Idalina Silvestre Barato, a Dona Vita, pelo seu passamento aos 89 anos ocorrido sábado dia 7 de julho de 2018 é aprovada por todos os Vereadores de Lauro Muller.

A Reunião Ordinária do dia 09 de julho de 2018 nesta segunda-feira iniciou as 19:00 horas.sob a presidência do Vereador Ronaldo da Silva

EXPEDIENTE

INDICAÇÕES

Nº 113/2018 do Vereador Pedro Luiz Machado, criar lei de apoio ao cidadão da zona urbana, nos moldes da “Lei Porteira para Dentro”, visando facilitar as benfeitorias nos acessos as residências.

Nº 114/2018 da Vereadora Ema Hofmann Benedet, reformar a ponte pênsil da Rua Tubarão, que liga a SC-390 a Vila Operária.

Nº 115/2018 do Vereador Pedro Luiz Machado, patrolar e revestir com areão a estrada que dá acesso ao “abatedouro” de propriedade da família Bett, em Quilometro Um.

Nº 116/2018 da Vereadora Ema Hofmann Benedet, patrolar e revestir com areão a Rua Paulo Dal Ponte, margem esquerda do Rio Tubarão, no Bairro Sumaré.

Nº 117/2018 dos Vereadores Pedro Luiz Machado, Ema Hofmann Benedet, Hélio Luiz Bunn e Manoel Leandro Filho, reforma geral dos bancos dos dois ônibus grandes da frota da prefeitura municipal. Justificativa: estes veículos se encontram sem condições de trafegar com nossos alunos, além de muito antigos, estão sem alguns assentos e encostos, colocando em perigo a integridade física de nossas crianças.

Nº 118/2018 do Vereador José Antonio De Bettio, instalar placas de sinalização de carga e descarga defronte a feira Ceron, na Rua Valdir Cotrin, no Centro de Lauro Müller.

Nº 119/2018 do Vereador José Antonio De Bettio, efetuar a troca de lâmpadas queimadas e reparos na iluminação pública, no Loteamento Nova Coletora, Distrito de Barro Branco.

MOÇÕES

Nº 7/2018 dos Vereadores Ema Hofmann Benedet, Anderson Antonio Bez Batti, Hélio Luiz Bunn, José Antonio De Bettio, José Cambruzzi, Luciano Leodato, Manoel Leandro Filho, Pedro Luiz Machado e Ronaldo da Silva, de Pesar aos familiares da lauromüllense Idalina Silvestre Barato, a Dona Vita, pelo seu passamento aos 89 anos ocorrido sábado dia 7 de julho de 2018.
Matriarca da Família Barato e proprietária da Carbonífera Catarinense, empresa que transferiu para Lauro Muller no ano de 1995 reativando as atividades da extinta Carbonífera Barro Branco, emprega mais de seiscentos funcionários diretos e mil empregos indiretamente.
Dona Vita foi a fundadora do Coral Infanto-juvenil da Associação Beneficente Anjos Mineiros, entidade de responsabilidade social da Carbonífera Catarinense, formada por voluntárias.
Autora de quatro livros, membro do Lions Clube Internacional e volutaria em várias outras associações beneficiantes na Região Carbonífera, Dona Vita nasceu em 1929, em Rio Capivaras Alto – Lauro Muller.
De família simples, morava com os pais e ajudava na lavoura junto à outros três irmãos.
Aos oito anos, mudou-se com a família para Criciúma e aos 24 anos, casou-se com Fidélis Barato, in memória, com quem teve cinco filhos.