W3.CSS

O Dia Mundial do Meio Ambiente foi celebrado nesta segunda-feira, dia 5 de junho, e embora ações que reflitam sobre o tema sejam realizadas o ano todo em Urussanga, nesta semana o assunto ganhou destaque. A Diretoria do Meio Ambiente (DMA), em parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura, está levando às comunidades do interior ações de conscientização e informação.

 

“O objetivo dessas reuniões é levar a conscientização para o produtor rural que está diretamente ligado à natureza. É nessas regiões onde acontece a maior parte dos crimes ambientais do município. Ir até esses locais, onde a maior parte das infrações ocorre, e levar a mensagem da importância de preservar as Áreas de Preservação Permanentes (APPs), nascentes, rios, e a própria vegetação protegida através das leis do código florestal. Nós precisamos cumprir a lei e fazer com que o agricultor não seja multado, mas que cuide, ajude e seja um parceiro na preservação do meio ambiente”, destaca o diretor do meio ambiente, Marcio Moreira.

O encontro já foi realizado nas comunidades de Rio Caeté e Rio Molha. Nesta quarta-feira (07), é a vez de Armazém sediar o encontro que conta com a presença do Secretário de Agricultura e técnicos do DMA. “As principais dúvidas são relacionadas aos cuidados com a APP, corte de árvores e vegetações e o custo para licenciamentos. Estamos quebrando mitos, mostrando que licenciar não é tão caro assim, comparado às multas e implicações legais no caso de ocorrência de crime ambiental”, completa Moreira.

 

Na próxima semana, mais três comunidades recebem o evento. São Pedro na terça-feira, dia 13, Rio América na quarta-feira, dia 14, e Santana na quinta-feira, dia 15. Todas as reuniões têm início às 19 horas, nos salões de festa locais.

 

Meio Ambiente na Educação

 

Enquanto DMA e Agricultura levam o tema para o interior urussanguense, a rede municipal de educação, aborda a importância de preservar o meio ambiente com os estudantes. cada escola e turma, tem organizado suas atividades, que envolvem desde histórias, desenhos, artes e atividades lúdicas, até saídas de campo. Como foi o caso das turmas de 4º e 5º ano da Escola Municipal Profº Ernesto Cesar Mariot, que estiveram visitando a EPAGRI – Estação Experimental de Urussanga.

 

Segundo as professoras Sônia Mendes, Sandra Maccari e Luciana Gomes, o objetivo foi proporcionar um passeio prazeroso e proveitoso em que os alunos conhecessem os ambientes fora da sala de aula priorizando a agricultura e a realidade da problemática ambiental. “Esta aula também ofereceu possibilidade de trabalhar de forma interdisciplinar, momento em que vários assuntos puderam ser tratados, reconhecendo que os cuidados com o meio ambiente promovem a qualidade de vida para os seres vivos, estimulando nas crianças, mudanças práticas de atitudes e a formação de novos hábitos com relação à utilização dos recursos naturais, compreendendo as variadas e diferentes formas de plantar, cuidar e colher”, destaca Sônia.

 

“Nossas professoras estão de parabéns. As atividades que estão sendo desenvolvidas são lindas, e proporcionam conhecimentos que vão desde conhecer a estrutura das plantas, até de trabalhar as brincadeiras com materiais reciclados para incentivar o destino correto dos materiais. Nos próximos dias, novas atividades seguirão sendo feitas, e a maioria delas pode ser conferida pelas nossas redes oficiais no @educacaouru”, afirma a Secretária de Educação, Janea Possamai.

Colaboração: Ana Paula Nesi/ Comunicação Prefeitura de Urussanga

Foto: Divulgação / Assessoria de Imprensa