Foto: Divulgação

O Centro Universitário Satc (UniSatc) conquistou, na tarde desta terça-feira (27), duas premiações no Prêmio Inovação Catarinense da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc). A UniSatc recebeu o segundo lugar como Instituto de Ciência e Tecnologia Inovadora, sendo a primeira do Sul do Estado, e conquistou o primeiro lugar na categoria Projeto Acadêmico Inovador, com acadêmicos do curso de Jornalismo e Engenharia de Computação. Um reconhecimento que vem coroar o trabalho já realizado há alguns anos na instituição, que preza pela inovação.

Com um trabalho pedagógico cercado por Trilhas de Inovação, o aluno Satc convive com as novas tecnologias desde o ensino infantil até a graduação. Trabalho que chamou a atenção e levou a instituição a conquista do segundo lugar estadual da categoria “ICT Inovadora”.

“Para a Satc é de extrema importância e se destacar entre tantas instituições de peso é muito relevante. Trazer para o Sul esse prêmio é uma grande conquista para a entidade e para a cidade de Criciúma”, avalia o diretor executivo da Satc, Fernando Zancan.

Inovando há 62 anos, o prêmio chega para coroar o trabalho realizado com ênfase em novas tecnologia e pedagogias. “Receber um prêmio dessa magnitude mais que coroar de êxitos o que viemos fazendo é um indicativo de que o caminho que escolhemos é o correto. Hoje é impossível pensar no processo educacional sem pensar em inovação. Há bastante tempo a Satc vem inovando, antes mesmo de ser “moda” a Satc já inova há 62 anos e agora colocamos ainda mais em evidência”, reforça o diretor geral da Satc, Carlos Antônio Ferreira.

Acadêmicos levam 1º lugar em Inovação

O Projeto Final de Curso (PFC) desenvolvido pelos acadêmicos Marcelo Loch, de Engenharia de Computação, e Kamili Guimarães, de Jornalismo, ficou em primeiro lugar como Trabalho Acadêmico Inovador. “Agora a gente valoriza ainda mais a importância do nosso projeto e vê que ele pode dar certo. Quando uma entidade do tamanho da Fapesc reconhece o nosso trabalho nos dá um grande incentivo”, pondera a jornalista Kamili Guimarães.

A ideia do projeto dos acadêmicos visa facilitar o processo de clipagem realizado pelos assessores de imprensa. Apostando nos avanços da tecnologia, os concluintes dos cursos desenvolveram, em 2020, uma plataforma que tem como objetivo automatizar a clipagem de áudios.

“A UniSatc sempre incentivou a inovação, a gente tem isso desde que entra na faculdade. Com esse incentivo a gente opta por ideias inovadoras e não sempre a mesma coisa. Isso vem muito dos professores também que incentivam os projetos”, explica o engenheiro de Computação Marcelo Loch.

Educação, Tecnologia e Inovação

Além do reconhecimento, o trabalho dos acadêmicos remete diretamente a filosofia da escola que é de “Educação, Tecnologia e Inovação. “Através desses prêmios conseguimos quantificar todo esforço conjunto que a gente faz. Demonstra que fizemos uma inovação verdadeira, na prática. Temos ações reais e que envolvem nossos alunos e professores. Temos muito a comemorar”, afirma o pró-reitor de Ensino e Extensão da UniSatc, Jovani Castelan.