W3.CSS

Quase 46 mil doses da vacina contra a influenza foram aplicadas no último sábado, 6, na população catarinense dos 206 municípios que realizaram o dia D de vacinação contra a gripe. Os dados são preliminares e estão disponíveis no Painel do Ministério da Saúde da Campanha de Vacinação contra a gripe. Acesse aqui.

Com a mobilização do dia D, o estado de Santa Catarina soma agora um total de 666.012 doses aplicadas da vacina contra a gripe na população dos grupos prioritários, o que corresponde a uma cobertura vacinal de 25,92%, valor bem abaixo da meta de vacinação que é de 90%. No estado de SC, o público-alvo da Campanha é de 2.887.025 milhões de pessoas.

A Campanha de Vacinação contra a gripe segue até o dia 31 de maio em todo o estado. Pessoas que fazem parte de um dos grupos prioritários devem buscar um ponto de vacinação até esta data para receber gratuitamente a dose da vacina e se prevenir da doença.

Confira os grupos:

-crianças de 6 meses a 5 anos de idade;
-trabalhadores da saúde;
-gestantes e mães até 45 dias após o parto;
-idosos com 60 anos ou mais;
-professores de escolas públicas e privadas;
-povos indígenas;
-pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais;
-pessoas com deficiência permanente;
-profissionais das forças de segurança e salvamento e das forças armadas;
-caminhoneiros;
-trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso;
-trabalhadores portuários;
-funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade

A gerente de doenças infecciosas agudas e imunização da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (DIVE/SC), Arieli Schiessl Fialho, explica que o principal objetivo da vacinação contra a gripe é evitar que pessoas, especialmente aquelas mais vulneráveis, evoluam para gravidade caso infectadas pelo vírus influenza, sejam hospitalizadas e até mesmo morram em decorrência da gripe.

A gerente ressalta ainda que a vacina contra a gripe é produzida com vírus inativado, ou seja, morto. Sendo assim, não transmite gripe aos vacinados. Ela protege contra três subtipos do vírus influenza: H1N1, H3N2 e influenza B, que são os que mais circulam, e pode ser aplicada junto com outras vacinas do Calendário Nacional de Vacinação, inclusive a da Covid-19.

Para obter mais informações sobre locais e horários de vacinação, é importante entrar em contato com a secretaria municipal de saúde.

Fonte: NUCOM – Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive)