A revista Trevisani Nel Mondo, que é produzida pela Associação Trevisani nel Mondo, que tem sede na Província de Treviso, na Itália, destaca na edição deste mês o filme Azambuja, gravado e pesquisado nas dependências do Museu ao Ar Livre Princesa Isabel. A chamada da capa traz em italiano “Nuovo Film Sull’ emigrazione Italiana In Brasile”, ou na tradução o Novo Filme Sobre Emigração Italiana no Brasil.

Segundo a presidente da Trevisani nel Mondo de Tubarão (AITM), Fabiola Cechinel, a revista circula em oito países no mundo, onde encontram-se associados trevisano, informando sobre ações voltados à cultura italiana. “Me sinto honrada em ver esta importante obra fotografada na capa da nossa revista e ainda em apresentá-la na Itália aos trevisanos e a todos os italianos da Bell´Italia”, comentou Fabiola.

O filme teve pesquisa feita junto aos arquivos da Casa de Pedra realizada pelos museólogos da Instituição, Idemar Guizzo e Valdirene Boeger Dorigon. Boa parte das cenas foram gravadas nos espaços do Museu ao Ar Livre Princesa Isabel e com a participação da diretora de Cultura, Edina Furlan.

“O reconhecimento nacional e internacional do trabalho que o Museu desenvolve com o acervo do Centro de Documentação Histórica (CEDOHI) faz com que as informações sobre a trajetória da imigração europeia sejam mais disseminadas. É bom ver que o papel do Unibave é de preservar e o do Museu é de comunicar o que está sendo realizado”, comentou o museólogo Idemar Ghizzo.

Exibições
O Filme Azambuja teve seu pré-lançamento em dezembro de 2021 em Araranguá. Durante o ano de 2022, há previsão de exibição do filme para os colaboradores, professores, alunos e comunidade de Orleans.

O documentário também será lançado na Itália, por meio de um convênio que a Unibave tem o Museo Nazionale dell’Emigrazione Italiana (MEI) de Gênova. O filme deve ser dublagem para o italiano para ser exibido na inauguração do Museu, o que deve acontecer em meados do mês de abril.

Veja a revista aqui.