Novas regras para controlar ainda mais a disseminação da Covid-19 em Criciúma foram definidas entre o Governo Municipal e representantes da Regional Sul da Associação Catarinense de Supermercados (Acats-Sul). Entre as novas regras, que já passam a valer a partir desta quinta-feira, dia 11, ganham destaque a limitação de 50% da capacidade de ocupação de cada loja, limite de uma pessoa por família e controle rigoroso contra aglomerações, principalmente nos pontos com maior fluxo, como a fila para os caixas.

“A conscientização é necessária, mas também precisamos de regras para que todos percebam a gravidade do momento que estamos vivendo”, afirmou o secretário de Saúde de Criciúma, Acélio Casagrande. O prefeito Clésio Salvaro reiterou a parceria do município e lembrou que “todas as regras devem ser antecedidas pelas determinações básicas do uso de máscara e higienização, além da circulação das pessoas apenas quando for necessário”.

Além do controle de ocupação e distanciamento, os supermercados irão compartilhar no sistema interno de som, mensagens com informações e observações importantes para evitar a contaminação. “Somos parceiros e estamos dispostos a fazer o que for possível para auxiliar neste momento de pandemia. Respeitamos as regras e acreditamos que se as pessoas se conscientizarem, a situação pode ser amenizada”, enfatizou o vice-presidente da Acats-Sul, Ricardo Althoff.

Colaboração: Simone Costa

Foto: Jhulian Pereira