Em meio aos protestos de todo o país, os manifestantes da região estão unindo forças e apontando as reivindicações para melhorias nos municípios. Em Laguna, um grupo reuniu-se segunda-feira com o prefeito Everaldo dos Santos. Já em Tubarão, os manifestantes prepararam a pauta para ser encaminhada às autoridades.

Na Cidade Juliana, o grupo exigiu redução da tarifa do transporte público em algumas linhas e na balsa; maior fiscalização nas obras de saneamento realizadas pela Confer; alteração da carga horária dos postos de saúde; construção de abrigo para passageiros do bote; criação de projeto para proteção dos botos e região da Pedra do Frade; melhorias na estrada geral de acesso ao Morro do Gi; investimentos nas escolas municipais; pavimentação de ruas; criação do portal da transparência, entre outras reivindicações.

De acordo com o prefeito, as reivindicações serão analisadas e houve a garantia de que devem ser solucionadas, na medida do possível. “A população tem todo o direito de conferir e fiscalizar o que acontece na administração municipal. Esse encontro é positivo e muito importante”, avalia o prefeito.

Em Tubarão, a plenária realizada segunda-feira foi considerada um sucesso pelos organizadores. De acordo com nota, o movimento na Cidade Azul será voltado para os problemas enfrentados pelos cidadãos em âmbito municipal. Saúde, educação, mobilidade urbana, transparência e lazer/cultura são os temas centrais das reivindicações.

Um documento será elaborado, a partir dos eixos centrais, e será entregue para o prefeito Olavio Falchetti amanhã, quando ocorre também outra passeata, que seguirá até a Câmara de Vereadores. A manifestação está marcada para as 18h, com saída do Museu Willy Zumblick em direção à prefeitura, e depois à Câmara.