O Centro Universitário Barriga Verde (Unibave) sediou, na noite desta sexta-feira (15/07), no Dia Internacional do Homem, a solenidade de fundação e posse da diretoria da Rede Masculina de Combate ao Câncer de Orleans. A cerimônia foi no Centro de Vivência e marca a criação da segunda entidade do gênero em Santa Catarina e a primeira da região Sul do Estado.

Quem assume a presidência é o médico André Roberto Menegat, que terá como vice-presidente o radialista e ex-prefeito de Orleans, Gelson Luiz Padilha. O professor e coordenador do curso de Enfermagem, Lucas Corrêa Preis, será o secretário e representará o Unibave na entidade. Os empossados terão dois anos de mandato.

Lucas ressaltou que a criação da entidade no município de Orleans é uma estratégia de conscientização à população masculina quanto aos cuidados com a própria saúde. “Conscientizar de fazer exames de forma precoce, buscando identificar alterações na sua saúde. Promover ações que incentivem o desenvolvimento de hábitos saudáveis dia a dia”, afirmou o professor.

O reitor do Unibave, Guilherme Valente de Souza, que ocupou o cargo de presidente da comissão provisória até a fundação, parabenizou os empossados pela iniciativa e lembrou que os homens também podem ter câncer de mama. “Homens se toquem e deixem ser tocados”, disse o reitor, incentivando a deixar o preconceito de lado e buscar a prevenção.

A presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Orleans, Edina Furlan, entidade que atuou como madrinha e incentivadora da nova instituição, fez um relato do caminho percorrido até a fundação. “A Rede foi fundada para valorizar a vida, com mais saúde e qualidade de vida”, declarou Edina.

O prefeito de Orleans, Jorge Koch, discursou parabenizando os empoçados e agradecendo a Rede Feminina pelo incentivo. Prometeu, sem falar em valor, recurso mensal a partir do mês de agosto para estruturação da entidade.

Estatísticas e a entidade

Orleans é o segundo município de Santa Catarina a ter uma Rede Masculina de Combate ao Câncer. A primeira fica em São João Batista. Há uma sede da Rede Estadual de Saúde do Homem em Pomerode e uma sede da Rede Nacional Saúde do Homem, criada em 2013, com sede em Jaraguá do Sul.

O presidente, André Roberto Menegat, disse que a fundação é um ato para a história do município, e que a entidade vai trabalhar para o bem-estar dos homens e da sociedade. “Queremos conscientizar os homens para terem cuidado com a saúde”, declarou.
Em seu discurso de posse, ele trouxe dados estatísticos, em que 68% das causas de mortes envolvem homens. Os homens estão em 80% dos acidentes de trânsito, assim como em 90% dos homicídios.

Ele ainda ressaltou que as principais doenças que matam têm causas vasculares, popularmente conhecidas com derrame. Segundo ele, muitas dessas doenças são preveníveis, e que bastam ações. O presidente lembra que, por preconceito, o homem busca ajuda médica para tratamento e não para a prevenção, por isso são necessárias ações educativas. “É necessário mudança no estilo de vida”, destacou o presidente, lembrando que vem crescendo o número de crianças acima do peso.

Diretoria Executiva

Presidente – André Roberto Menegat
Vice-presidente – Gelson Luiz Padilha
Secretário – Lucas Corrêa Preis
Secretário Adjunto – Dilermando Brito
Tesoureiro – Jefferson Koch
Vice-tesoureiro – Delavi Pizzolatti

Conselho Fiscal – Efetivos:    Marcos Antônio Durante Bussolo
Delton Baggio
Edvan Della Giustina

Conselho Fiscal – Suplentes:  Gabriel Cunha de Oliveira
Arthur Aguiar Galvani