Contribuir com as manutenções do regime de Sobreaviso Médico de Especialidades e do atendimento em Regime de Urgência/Emergência, são os objetivos dos Projetos de Lei que a Prefeitura de São Ludgero encaminhou e tramita na Câmara de Vereadores, propondo o repasse total de R$ 550.449,83 na forma de colaboração à Associação Beneficente Santa Teresinha, o Hospital Santa Teresinha, de Braço do Norte.

Ambas as propostas tem como origem para destinação o Fundo Municipal de Saúde de São Ludgero. Um Projeto de Lei tem o objetivo de destinar R$ 300.531,26 para auxiliar na manutenção do Regime de Sobreaviso de Especialidades com o compromisso da ABST-HTS com clínica médica, genecologia e obstetrícia, pediatria, cirurgia geral, anestesiologia e ortopedia 24 horas diárias, ininterruptas, finais de semanas e feriados. Ele já recebeu parecer favorável na primeira votação por parte dos vereadores e deve ir para segunda votação na noite de hoje, 14 de março. O outro Projeto de Lei, que também tramita na Câmara de Vereadores, e deve ir para a primeira votação no dia de hoje, 14, propõe a destinação de R$ 249.918,57 com a finalidade de ajudar na manutenção do atendimento do Regime de Urgência/Emergência.

O Prefeito de São Ludgero, Ibaneis Lembeck, o Iba, enfatiza a importância dos recursos destinados, ao longo dos últimos anos, disponibilizados ao Hospital Santa Teresinha para que a entidade siga prestando os atendimentos e buscando a cada dia mais qualidade e eficiência. “Aproveito para agradecer todos os vereadores pelo entendimento da importância dos projetos. São parcerias de vários anos. Quem ganha são as pessoas que buscam e precisam dos atendimentos”, ressaltou.

Crédito de Foto: Bertoldo Kirchner Weber/Assessor de Comunicação Município de São Ludgero