O prefeito de Lauro Müller, Valdir Fontanella (PP), decidiu cortar gastos com folha de pagamento e anunciou o corte de seu salário em 40% e do vice-prefeito Pedro Barp (PSL). Os secretários terão uma redução de 20% e os cargos comissionados que recebem até R$ 2 mil, também sofrerão uma diminuição de 20%, e 10% para os comissionados que ganham menos de R$ 2 mil.

Fontanella, sugeriu que os vereadores façam o mesmo e também reduzam seus salários. De acordo com o chefe do executivo, o Estado acenou corte de até 50% de arrecadação para os municípios. “Gostaria de convocar ainda os vereadores e que também fizessem a mesma função do Executivo para que possamos dar uma resposta a sociedade”, finalizou o prefeito.