O prefeito eleito de Balneário Rincão, Décio Góes, do PT, e o vice Olírio José Lino foram diplomados na tarde desta quarta-feira (20). Ele deve assumir em 1º de abril, mas só terá certeza de que irá continuar no cargo até 2016 depois que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) julgar um processo que pede a inelegibilidade de sua candidatura, enquadrada na Lei da Ficha Limpa por conta de irregularidades.
A diplomação foi realizada pelo juiz eleitoral Fernando de Medeiros Ritter, no Cartório Eleitoral no Centro da cidade de Içara. Na saída do cartório, o prefeito e o vice comemoraram com diversas pessoas que aguardavam a diplomação. A posse será no dia 31 de março. Nas eleições de outubro de 2012, o candidato mais votado de Balneário Rincão também foi Décio Góes, mas não pode assumir porque teve a candidatura indeferida pela Justiça.

Porém, no dia 18 de fevereiro a candidatura foi deferida pelo Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE-SC). As eleições ocorreram em três de março e o candidato foi eleito com 52,52% (4.286 mil) dos votos válidos.