Foto: Polícia Federal/Divulgação

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira, (20), a Operação
Benedetta, que investiga possível má aplicação de recursos públicos
contratados por município com a Caixa Econômica Federal para o
financiamento de despesas.

Cerca de 75 policiais federais cumprem 18 (dezoito) mandados de busca e
apreensão expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região nos
municípios de Urussanga, Orleans, Siderópolis, Tubarão e Criciúma/SC, em
endereços vinculados a empresas, órgãos públicos, servidores públicos e
empresários.

Trata-se de investigação iniciada em setembro de 2020, tendo a fase hoje
desencadeada o objetivo de obter outros indícios comprobatórios
das supostas fraudes que teriam ocorrido em obras de pavimentação e
de identificar a eventual participação de servidores públicos nos fatos, além
de apurar o destino do montante dos recursos supostamente
desviados, que, em apenas uma das diversas obras
financiadas, se aproxima de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais).

Nesta manhã, R$ 80 mil foram apreendidos na casa de um investigado na cidade de Urussanga.

Nos autos do inquérito policial instaurado para completa apuração dos fatos,
os investigados, acaso comprovada a fraude, poderão responder pela prática
dos crimes de peculato, crime de responsabilidade e organização criminosa.

Delegacia de Polícia Federal em Criciúma/SC