W3.CSS

A Região Carbonífera registra saldo positivo de empregos com um acréscimo de 3.789 postos de trabalho com carteira assinada no 1º semestre de 2023, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), divulgado pelo Ministério do Trabalho. E mais uma vez, Orleans, destaca-se por ser o 3º município com melhor colocação, gerando 398 novas vagas, ficando atrás tão somente de Criciúma (1.648) e Içara (417). Ao todo, a AMREC alcançou um total de 150.982 postos de trabalho com carteira assinada em todos os municípios da região.

 

Outras cidades, ficaram com estas colocações: Urussanga, com 269; Morro da Fumaça, com 259; Siderópolis, com 250; Forquilhinha, com 203; Balneário Rincão, com 138; Nova Veneza, com 123; Lauro Müller, com 78; e Cocal do Sul, com 14. Apensas Treviso teve saldo negativo no período, registrando oito demissões a mais que contratações.

 

Os setores de serviços e indústria lideram a geração de empregos na região, respondendo por 70,04% e 713 novas vagas, respectivamente. A construção, comércio e agropecuária também contribuíram para o saldo positivo de empregos formais. Essa tendência de crescimento na Região Carbonífera segue o panorama nacional, refletindo um cenário de recuperação econômica do Brasil. O país adicionou um total de 1.023.540 empregos formais no primeiro semestre de 2023, elevando o estoque para 43.467.965 postos de trabalho ocupados.

 

O cenário é animador, mostrando a retomada do crescimento econômico tanto na região como no país como um todo. O aumento no número de empregos formais é uma ótima notícia para a população, impulsionando a economia e proporcionando maior estabilidade financeira aos trabalhadores e suas famílias.

Por: Debora Legnani/ RP | AI | Jornalista