W3.CSS

Após um período de pausa para rediscussão do projeto, a aguardada obra da Rodovia Ageu Medeiros, que liga os municípios de Tubarão e Laguna, deverá ser retomada na próxima semana. A revitalização recebeu do Governo do Estado a confirmação de três repasses para 2023, totalizando R$ 15 milhões em investimentos. A notícia foi confirmada pelo Secretário de Estado da Casa Civil, Estêner Soratto, nesta sexta-feira, 30, em uma reunião na sede da Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel).

“A retomada da obra da Rodovia Ageu Medeiros será uma grande vitória para a região de Laguna e traz consigo a expectativa de melhorias na infraestrutura viária, proporcionando mais segurança e mobilidade para a população local e turistas que trafegarão por essa importante via”, destaca o governador Jorginho Mello.

O primeiro repasse, no valor de R$ 8 milhões, será efetuado em julho, seguido por R$ 3,5 milhões em setembro e mais R$ 3,5 milhões em novembro. A reunião contou também com a participação do Deputado estadual Volnei Weber; o prefeito de Grão-Pará e presidente do Consórcio CIM Amurel, Helio Júnior; e do vereador de Laguna, Gustavo Cypriano.

*Readequação do projeto*

Uma readequação no projeto precisou ser realizada, com destaque para o aumento do greide da rodovia em 1,5 metro em toda a sua extensão, que é de 24 quilômetros. Além disso, houve uma alteração na interseção da rodovia com a Ponte Dr. Stélio Cascaes Boabaid, que já se encontra concluída. A retomada dos trabalhos terá início justamente pela cabeceira da ponte que liga Tubarão e Capivari de Baixo, e que está pronta. Um trecho de cerca de 700 metros em Laguna, que atualmente encontra-se intransitável, também será priorizado.

O Estado já empenhou os recursos necessários e, agora, está ajustando o cronograma de pagamentos. Estima-se que a empresa contratada esteja apta para retomar as atividades até terça ou quarta-feira da próxima semana.

O projeto da Rodovia Ageu Medeiros foi licitado com um valor total de R$ 77 milhões, sendo que apenas R$ 8 milhões foram pagos até o momento, e R$ 3 milhões foram executados, mas ficaram pendentes de pagamento. O secretário de Estado da Casa Civil, Estêner Soratto, ressaltou a relevância da rodovia e a prioridade que o governador Jorginho Mello está dando para os investimentos em infraestrutura.

“Essa rodovia terá uma estrutura maior do que muitas outras no Estado. As pontuais readequações não irão interferir na qualidade e na segurança da obra. É prioridade do governo dar sequência ao que já foi iniciado, para que cada centavo do catarinense seja aplicado de forma correta e consciente”, ressaltou o secretário.

Por: Secretaria da Casa Civil/Alessandro Neves
Foto: Fhillype Costa/SCC