O prefeito e vice de Orleans Jorge Koch e Mario Coan, reuniram-se na manhã desta segunda-feira (3) com os secretários municipais para tratar de alguns assuntos ligados a administração pública e debater questões relacionadas a pasta da educação, saúde e obras. Em seguida, o prefeito anunciou novos nomes que deverão conduzir algumas pastas pelos próximos quatro anos.

Para assumir a secretaria de Assistência Social e Habitação foi nomeada Roseli Moraes Silva, para a secretaria da Agricultura Luiz Cristóvão Crocetta, na área jurídica foram nomeados Ederson Bett Zanini como Consultor Jurídico Administrativo e Contencioso e a jovem Bianca Durante Bagio que atuará como Coordenadora Especial de Assuntos Administrativos e Legislativos. Também foram nomeados Leomar Brugnara para comandar o departamento Municipal de Turismo e Andrea Andrade Alves Debiasi como diretora do departamento de Cultura. Além destes foram nomeados Marcos Ricardo Martins para atuar como secretário adjunto na pasta da Administração e Romário Geremias como subprefeito do Distrito de Pindotiba.

O prefeito durante seu pronunciamento saudou os novos secretários, diretores e aproveitou para agradecer a contribuição dos veteranos. Vale recordar que a pasta Municipal de Educação continuará sob o comando da secretária Maíra Regina Luiz, a secretaria da Administração sob a gerência de Jair Henrique Wagner, a secretaria da Saúde conduzida por Murilo Debiasi Ferrareis, o departamento de Esporte por João Ribeiro, da Infraestrutura sob a direção de Rodrigo Vieira e Eloir Fraga.

“Queremos acolher os novos integrantes do nosso segundo mandato e fomentar que as atividades vão continuar sendo realizadas com seriedade, compromisso e com muito trabalho. Cada um tem uma missão pela frente em conduzir da melhor forma as secretarias as quais foram designados. Acreditamos no potencial das pessoas escolhidas e como grupo, temos o dever de oferecer o melhor para a população orleanense”, afirmou o prefeito.
A cerimônia contou com a presença de vereadores, secretários municipais, servidores públicos e a imprensa local.