A primeira rodada de negociação entre os sindicatos de trabalhadores e patronal do ramo plástico de Criciúma e região ocorreu na tarde desta terça-feira (5), na sede do Sindicato da Indústria Plástica do Sul de Santa Catarina (Sinplasc). A data-base da categoria, formada por mais de 8 mil trabalhadores é 1º de abril.

“Sem que tenhamos, ainda, oficialmente, a divulgação pelo IBGE do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que mede a inflação para a classe trabalhadora, não tivemos muito para avançar, mas abrimos um debate que foi produtivo”, informa o presidente do Sindicato dos trabalhadores, Carlos de Cordes, o Dé.

A primeira rodada, na prática, serviu para esclarecer e discutir pontos do “Rol de Reivindicações” dos trabalhadores, entregue ao sindicato patronal no final de março. Como o INPC será divulgado, provavelmente, nesta sexta-feira (8), ficou agendada nova rodada de negociação para quarta-feira da semana que vem (13).

“Antes disso os patrões vão se reunir e avaliar critérios e propostas iniciais levantadas na primeira rodada de negociações”, acrescentou Dé. Segundo ele, o primeiro encontro foi positivo pela forma respeitosa das duas partes. “Estamos otimistas em que os patrões reconheçam a importância da valorização de seus empregados”, finalizou de Cordes.