Foto: Pexels/Divulgação/ND

Entre a noite desta quarta (22) e a manhã desta quinta-feira (23) dois municípios de Santa Catarina tiveram precipitações acima dos 50 mm. Em Jacinto Machado, no Sul do Estado, 52,2 mm de chuva foram registrados, de acordo com o aplicativo Agroconnect, da Epagri/Ciram.

Já a cidade de Campos Novos, no Grande Oeste, registrou pontuais 57,4 mm de chuva desde quarta.

Os acumulados correspondem ao período das 19h17 de quarta a 7h17 de quinta. Enquanto isso, os demais municípios do Estado registraram entre 10 mm e 40 mm no mesmo período, como é o caso de Ermo, Nova Veneza e Araranguá, por exemplo.

Cidades do Alto Vale, como Trombudo Central, Aurora e Vidal Ramos, já haviam sofrido com os alagamentos durante o dia, resultando na suspensão de aulas por causa de estragos. Neste período de 12 horas, no entanto, não tiveram grandes níveis de precipitação.

O mesmo ocorreu com cidades do Norte de Santa Catarina. Veja por região:

Até quando permanece a chuva em SC?

De acordo com o aviso mais recente da Defesa Civil, emitido às 8h desta quinta-feira, os temporais seguidos de intensas chuvas devem permanecer até as 12h de sexta-feira (24). A condição deve ter início no Grande Oeste e seguir para as demais regiões do Estado na sequência.

Enquanto isso, áreas em amarelo permanecem em estado de observação para as ocorrências meteorológicas associadas às condições do tempo – Foto: Defesa Civil/Divulgação/ND

Chuva já causou destelhamentos e alagamentos no Estado

Em Campos Novos, as fortes chuvas provocaram alagamentos no município. Foram cerca de oito ocorrências relacionadas a enchentes e alagamentos nos bairros Aparecida, São Sebastião, Loteamento e Santa Edwiges na noite da última quarta-feira.

Por sua vez, o município de Cordilheira Alta, no Oeste, foi castigado por uma chuva de granizo na noite de ontem.

As aulas nas escolas Prefeito Alceu Mazzioni (Linha Bento Gonçalves) e Escola Fernando Machado precisaram ser suspensas por causa disso, visto que que dezenas de casas foram destelhadas em função da quantidade e tamanho das pedras de gelo que caíram no município.

Em Trombudo Central, no Alto Vale do Itajaí, a forte chuva fez com que o rio Hercílio, também conhecido como ribeirão Tifa Prada, enchesse rapidamente, causando alagamentos e afetando a captação de água da Casan.

Em Vidal Ramos, o risco era para inundações em moradias próximas a rios e córregos. Por sua vez, Aurora registrou quedas de barreiras.

Previsão do tempo para esta quinta-feira em SC

A formação de uma frente fria no oceano junto do fluxo de ar quente e úmido, vindo da região amazônica, favorece a formação de nebulosidade, pancadas de chuva e temporais isolados pelos Estado. Eles iniciam no Grande Oeste, Planalto e Litoral Sul.

Ao longo do dia, o sistema avança para a Grande Florianópolis e para o Vale do Itajaí. Ocasionais rajadas de vento com intensidade entre 45 km/h e 60 km/h podem ser registradas por toda Santa Catarina. Entretanto, o risco é baixo para ocorrências associadas aos ventos.