Foto: Divulgação

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) investiga uma possível incompatibilidade nas atividades da prefeita de Lauro Müller, Saionara Bora (MDB). O órgão apura se a chefe do Executivo, que está à frente do cargo desde o início do ano, segue atendendo como médica credenciada junto ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de Urussanga.

O caso foi levantado pela promotora de Justiça Larissa Zomer Loli. “Trata-se de Notícia de Fato instaurada de ofício, cujo objeto é apurar suposta incompatibilidade do exercício da atividade de Prefeita e médica credenciada junto ao DETRAN/SC por Saionara Correa de Carvalho Bora, especialmente porque todos os dias, no período vespertino, a agente política não se encontra da Prefeitura diante do conflito de horário entre as atividades exercidas, consoante informação prestada por sua assessoria via aplicativo de mensagem”, diz trecho do despacho.

Em ofício, a promotora pede que a prefeita envie uma cópia do ato do credenciamento junto ao Detran, informe os horários que atende como médica credenciada ao departamento, além das cidades onde presta esse serviço, e informe em quais horários se encontra efetivamente na Prefeitura de Lauro Müller.

A promotora também enviou um ofício à diretora do Detran SC, Sandra Mara Pereira. Ela pede a cópia do ato de credenciamento da prefeita.

Com informações: Jornal Tribuna de Noticias