Os mais de 3 mil motoboys da Região Sul passarão a ser representados agora por um sindicato da categoria. Uma assembleia realizada no final de semana reuniu dezenas de trabalhadores e lideranças do movimento sindical para a fundação do Sindicato dos Motoboys de Criciúma e Região.

“Vínhamos articulando desde o ano passado a organização da ca-tegoria através de um sindicato. Atualmente não tínhamos ninguém que nos representasse. Faremos neste momento o enca-minhamento das questões burocráticas e depois iniciaremos a procura de uma sede”, afirma o presidente eleito, Crizzly Adams de Cordes. Conforme ele, houve um movimento do Sindicato dos Motoristas de Criciúma e Região para impedir a fundação do sindicato. “Eles entraram com um impedimento judicial para que o sindicato não fosse criado, justificando que os mesmos já representavam os motoboys, mas a Justiça do Trabalho sentenciou em nosso favor”, explica Cordes.

Segundo o portal Clicatribuna, dentre as inúmeras bandeiras que serão debatidas pela diretoria do sindicato, está a cobrança de taxas aos trabalhadores em nível municipal e esta-dual. A diretoria ficou composta por 20 membros com oitos empresas diferentes.