W3.CSS

O Ministério da Saúde incorporou no Sistema Único de Saúde (SUS) dois medicamentos para tratamento da anemia. A ferripolimaltose e a carboximaltose férrica estarão disponíveis no sistema público em até 180 dias.

A decisão divulgada nessa segunda-feira (15), ocorreu pós análise da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS, o Conitec.

A ferripolimaltose é indicada para o tratamento de pacientes com anemia por deficiência de ferro e intolerância ao sulfato ferroso. Já a carboximaltose férrica é usada em pacientes adultos com intolerância ou contraindicação aos sais orais de ferro.

As anemias podem ser causadas por deficiências de vários nutrientes, como ferro, zinco, vitamina B12 e proteínas. Os principais sinais e sintomas da doença são: cansaço generalizado; falta de apetite; palidez; menor disposição; e dificuldade de aprendizagem nas crianças.

O Ministério da Saúde reforça que somente médicos e cirurgiões-dentistas devidamente habilitados podem diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios para tratamento.

Por Rede Nacional de Rádio, em Brasília.
Foto: Reprodução/Pixabay