O ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, está na região Sul de Santa Catarina nesta sexta-feira para inaugurar duas novas superintendências, uma em Urussanga e outra em Tubarão. Dias aproveitou a oportunidade para anunciar, em entrevista coletiva, a intenção de construir uma nova sede do Ministério do Trabalho em Criciúma.

O prédio será um centro que reunirá todas as atividades do Ministério. O local também disponibilizará cursos profissionalizantes para ajudar na qualificação da mão de obra do Sul de Santa Catarina. “É preciso construir um edifício que tenha o destaque necessário. O local será um escritório avançado do Ministério do Trabalho”, avaliou Dias.

O ministro aproveitou a oportunidade para explicar que o Ministério do Trabalho servirá como um protagonista de grandes debates sobre os trabalhadores. Essa será a forma de aproximar a pasta da população trabalhadora do país, uma recomendação direta da presidente Dilma Roussef.

“Teremos mesas de negociação entre o Governo Federal e os sindicatos, por exemplo. Faremos grandes debates sobre o crescimento, e na medida em que recebermos reivindicações, procuraremos atendê-las. Só assim vamos aproximar o Ministério do trabalhador”, assegurou Dias.

O prefeito de Criciúma, Márcio Búrigo, afirmou que as negociações sobre a nova sede do Ministério na cidade devem começar nos próximos dias. A prefeitura, segundo Búrigo, doaria o terreno, e a construção do edifício ficaria por conta do Governo Federal. “Vamos estudar o tamanho e envergadura do empreendimento, para disponibilizar um terreno que compreenda todo o projeto”, ponderou o prefeito.