Esta segunda-feira, 4 de março, marca o primeiro Dia Mundial da Luta Contra a Exploração Sexual. O tema é de muita atualidade no Brasil, reforçado pela novela do horário nobre “Salve Jorge”, que explora principalmente a questão do tráfico de mulheres usadas para exploração sexual. Ficção à parte, os dados existentes no país parecem longe da realidade. Mas algumas iniciativas estão sendo tomadas. A doutora em criminologia Alline Pedra foi consultora em um levantamento sobre tráfico de pessoas com fins de exploração sexual no Brasil. Já Dalila Figueiredo é fundadora da Associação Brasileira de Defesa da Mulher, da Infância e da Juventude.

Patricia Moribe