Foto: Divulgação

O comprometimento da Librelato com a construção de uma sociedade melhor, inclusiva, ambientalmente sustentável e economicamente equilibrada garantiu à empresa o selo de signatária do Movimento Nacional ODS 2021 Santa Catarina.

Esse é um selo especial entregue às empresas que estão atuando em prol dos objetivos do desenvolvimento sustentável estabelecidos na Agenda 2030 da ONU, que contempla um plano de ação internacional para o alcance dos 17 ODS’s, desdobrados em 169 metas, que abordam diversos temas fundamentais para o desenvolvimento humano, em cinco perspectivas: pessoas, planeta, prosperidade, parceria e paz.

A Librelato promove ações nos seguintes selos: ODS 1 (Erradicação da Pobreza), ODS 2 (Fome Zero e Agricultura Sustentável), ODS 3 (Saúde e Bem Estar), ODS 4 (Educação de Qualidade), ODS 5 (Igualdade de Gênero), ODS 8 (Trabalho Decente e Crescimento Econômico), ODS 9 (Indústria Inovação e Infraestrutura), ODS 13 (Ação Contra a Mudança Global do Clima), e ODS 15 (Vida Terrestre).

“Diante de um ano com tantos desafios trazidos pela pandemia, procuramos por meio de várias iniciativas, provar que a Librelato é uma empresa engajada com esse importante pacto global. Estamos muito felizes por esse reconhecimento e principalmente por poder fazer a diferença na sociedade e colocar em prática todos os dias a nossa missão”, disse José Carlos Sprícigo, CEO da Librelato.

O executivo pontua que ao aderir às iniciativas ODS, todos ganham. “Quando uma instituição se preocupa com o desenvolvimento sustentável, quer dizer que você e todas as pessoas estão vivendo em um ambiente em que a natureza e as pessoas estão sendo respeitadas”.

Ações

As ações da Librelato são as mais variadas possíveis, tanto relacionadas ao respeito ambiental como à diversidade e inclusão. Em 2020, a Librelato promoveu, por exemplo, o Projeto “Librelato +Verde”, que registrou o plantio de aproximadamente cinco mil mudas de árvores na cidade de Içara, onde está sua sede.

Outra iniciativa da Librelato é a “Campanha de Sustentabilidade”, cujo objetivo é o de retirar o material plástico do lixo comum de circulação e enviá-lo para a reciclagem. Os seus profissionais, trazem de suas casas garrafas PET que poderiam ter destinação errada para que sejam depositadas em locais apropriados e depois são recolhidas por uma empresa parceira especializada nesse tipo de coleta. Com essa simples ação de conscientização junto aos seus profissionais, a Librelato contribui para que este material deixe de ser despejado em aterros sanitários ou diretamente na natureza, poluindo rios, lagos, solos e matas, prejudicando a fauna e a flora.

Além disso, a reciclagem de plásticos gera renda para milhares de pessoas no Brasil, que atuam, principalmente, em empresas e cooperativas e recicladores de materiais.

Em 2020, a Librelato também avançou em compromissos de ordem social, valorizando atividades culturais, de educação, esportes, saúde, entre outros, e dando fôlego às instituições envolvidas para continuar realizando projetos em 2021, todas em Santa Catarina, estado onde estão instaladas as unidades industriais da empresa.

A Librelato apoiou importantes projetos por meio da Lei de Incentivos, de instituições como Associação Beneficente ABADEUS; Bairro da Juventude; Escola de Teatro Jônatas João, Hospital Nossa Senhora da Conceição, Hospital São José de Criciúma e Voleibol Feminino Mampituba, de Criciúma. Na área de esportes, a Librelato patrocina equipes de Xadrez e Karatê.

Movimento Nacional ODS SC

O Movimento Nacional ODS Santa Catarina é composto por mais de 750 signatários (entre pessoas físicas e jurídicas), que representam quase 70 municípios. O intuito é facilitar a incorporação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) no dia a dia das pessoas e nas práticas das organizações, mobilizando todos os setores da sociedade catarinense. Prevê, assim, a construção de uma sociedade melhor, socialmente inclusiva, ambientalmente sustentável e economicamente equilibrada.

O movimento social tem caráter apartidário, ecumênico e plural. Visa também cumprir com os compromissos da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, aprovada pelos países membros da ONU (Organização das Nações Unidas) durante a 70ª Assembleia Geral realizada em 2015, em Nova York.