A Librelato deve iniciar a partir do ano que vem uma nova unidade fabril, em Criciúma, a segunda no município. A fábrica ficará localizada em um terreno de 600 mil metros quadrados, no Bairro Sangão, em Criciúma, nas proximidades da BR-101.

No formato modular, a fábrica vai gerar 400 empregos diretos no primeiro ano de operação e chegar a mil colaboradores no ano seguinte. A Librelato, com matriz em Orleans, possui também unidades produtivas em Criciúma, Capivari de Baixo e Içara. Ao todo são mais de dois mil colaboradores.

De acordo com o diretor superintendente da Librelato, José Carlos Sprícigo, já fazia algum tempo que a empresa pretendia construir uma nova planta em Criciúma. “Tivemos uma reunião com o prefeito de Criciúma e ele foi um grande incentivador. A empresa dá um retorno importante para a região. Temos um capital fechado, com grandes investimentos”, conta o diretor superintendente da Librelato José Carlos Sprícigo.

O diretor superintendente da Librelato observa também que a instalação da unidade vai gerar a instalação de toda a cadeia produtiva nas proximidades da fábrica.

A empresa atuante no mercado de implementos rodoviários tem sua marca consolidada no mercado internacional. Somente em 2012, na parte fabril, foram investidos mais de R$ 20 milhões, o que resulta conforme dados de abril 2013, num crescimento de produção de mais de 40%, dentro das suas cinco plantas produtivas.

“Recebemos muitas propostas para instalar fábrica em vários outros estados com incentivos fiscais, mas nosso presidente é bairrista e diz que precisamos, primeiramente, ser fortes na região”, conta Sprícigo. A expectativa para a nova planta é de um faturamento de R$ 300 milhões anuais.

Apoio da Casa do Empresário
“É com imensa satisfação que o município de Criciúma recebe o investimento da empresa Librelato para a implantação de uma grande unidade fabril. A Casa do Empresário, setor responsável na prefeitura para esse tipo de ação, acompanhou e apoiou desde o início a intenção do grupo em investir em nossa cidade”, reforça o diretor de desenvolvimento econômico de Criciúma, Joselito Pizzetti.

Para ele, a Librelato é uma empresa que vem se destacando no mercado nacional no segmento de implementos rodoviários, aumentando sistematicamente o seu market share e Criciúma agregará valor a sua marca.

A Librelato entregou à Secretária do Sistema Econômico de Criciúma um protocolo de intenções e está aguardando a manifestação do município sobre os incentivos que possam a ser oferecidos para a implantação da unidade.