Um jovem de 20 anos foi executado a tiros na noite de segunda-feira (31), na região central de Araranguá e o ano de 2018 contabilizou a 27ª vítima de homicídio.

A execução aconteceu por volta das 21h10min, quando João Paulo Flores Manoel de 20 anos foi alvejado com dois tiros na cabeça, morrendo no local. Segundo informações, a vítima estava de bicicleta e ao passar na Rua Álvaro Silveira, entre os bairros Nova Brasília e Januária, o assassino que chegou também de bicicleta atirou contra o jovem.

Moradores das proximidades ouviram barulhos de estouros, mas devido as festividades pensaram ser foguetes e rojões. A Polícia Militar foi acionada e no local constatou o crime, isolando a área até a chegada da Polícia Civil, Instituto Geral de Perícia (IGP) e Instituto Médico Legal (IML).

A Polícia Civil iniciou as investigações para apontar a autoria e motivação do crime.

Se comparado com o ano passado, 2018 foi mais violento, forme as estatísticas, pois o número de homicídios teve um acréscimo, além de terem sido registrados três duplos homicídios – um em Balneário Arroio do Silva, onde dois jovens foram executados na beira da praia com disparos de arma de fogo; um em Araranguá, onde jovem casal foi executado a tiros no bairro Polícia Rodoviária e um em Sombrio, onde dois irmãos idosos foram mortos a pauladas e facadas, sendo que neste último, o autor do crime foi identificado e preso.

As cidades do Vale do Araranguá que registraram homicídios em 2018 foram Araranguá, Balneário Arroio do Silva, Balneário Gaivota, Sombrio, Santa Rosa do Sul e Passo de Torres.

Fonte: Com informações do Agora Sul