Em encontro com o governador Carlos Moisés nesta terça-feira, 14, na Casa d’Agronômica, em Florianópolis, os reitores da Associação Catarinense das Fundações Educacionais (Acafe) agradeceram pelo aumento dos recursos em bolsas de estudos para o ensino superior. Em 2021 houve investimento recorde no Programa de Bolsas Universitárias de Santa Catarina (Uniedu). Foram R$ 467,2 milhões liberados para bolsas de graduação e pós-graduação, um aumento de 76% em relação ao investido em 2020, que totalizou R$ 264,3 milhões.

O chefe do executivo agradeceu a presença dos reitores e destacou que o propósito do Governo do Estado é sempre ser parceiro e valorizar a educação. Garantiu que os programas que impactam positivamente na vida dos estudantes, nas famílias e nos municípios vão continuar. “Estamos sendo referência para outros estados com o programa. Isso nos faz acreditar que estamos no caminho certo. A universidade gera oportunidade e o Governo tem que trabalhar e facilitar para que todos tenham acesso a uma educação de qualidade. A educação transforma vidas, justamente isso que buscamos”, disse o governador ao enaltecer o trabalho efetuado pelas instituições.

Carlos Moisés informou que, até o fim de 2022, será repassado R$ 1,34 bilhão em bolsas, um aumento de 235% em relação aos R$ 401 milhões investidos entre 2015 e 2018.

O reitor da Unoesc, Aristides Cimadon, destacou que as bolsas de estudos fazem a diferença na vida dos estudantes, das instituições e sobretudo das regiões onde atuam. “Santa Catarina é hoje um estado considerado bem socialmente e economicamente, e isso se deve também à aplicação desses recursos e às atividades e aos serviços que essas nossas universidades fazem em cada local. Nunca tivemos um governo que implantasse com tamanha força e importância esse programa, consolidando definitivamente como uma política de estado, não só para o ensino superior, mas para o desenvolvimento em um todo.”

:: Mais fotos na galeria 

Para o reitor da Unochapecó e presidente da Associação Brasileira das Instituições Comunitárias de Ensino Superior, Cláudio Jacoski, as instituições têm no Uniedu um grande apoio, principalmente para aqueles alunos que necessitam. “O governador Carlos Moisés tem entendido muito bem esse processo e apoiado significativamente. Esses investimentos levam para dentro das casas dos estudantes a possibilidade de um ensino superior de qualidade, isso na vida de toda família faz a diferença. Hoje só temos a agradecer.”

A reitora da Unesc, Luciane Ceretta, compartilhou da opinião dos colegas. “Hoje é um dia especial porque temos mais uma vez a oportunidade de agradecer ao governador pelos investimentos em nome dos cidadãos Catarinenses que têm a oportunidade de acessar as universidades comunitárias e que conseguem se manter nelas graças ao Uniedu e assim transformar as suas vidas. O nosso muito obrigada por escolher, dentre tantas prioridades, a educação superior. Esses investimentos são essenciais, estão transformando Santa Catarina e ao longo do tempo colheremos muitos outros resultados na forma de desenvolvimento social, econômico, social, cultural e ambiental.”

O secretário da Educação, Luiz Fernando Vampiro, reforçou que além dos investimentos no ensino superior, o Governo do Estado prevê ações e parcerias com os municípios na educação infantil e creches e também no novo ensino médio.

Participaram do encontro a primeira-dama, Késia Martins da Silva, subchefe da Casa Civil, Juliano Chiodelli, os secretários Paulo Eli (Fazenda), Luciano Buligon (Desenvolvimento Econômico Sustentável), presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), Fábio Holthausen, o reitor da Universidade de Caxias do Sul, Evaldo Antonio Kuiava, e reitores do sistema Acafe.