Foto: Julio Cavalheiro / Secom

Inverno começou oficialmente as 7h07min desta quinta-feira (21) de junho com a massa polar perdendo força em SC. De acordo com os meteorologistas hoje predomina o céu claro com sol e algumas nuvens. Possíveis intervalos de nublado a muitas nuvens. Para este primeiro dia de inverno no estado, as temperaturas têm comportamento diferente e ao longo da tarde elas sobem trazendo calor com picos próximos dos 30ºC em algumas cidades do Sul.

Em relação ao clima para este ano a estação não deve ter influencia de nenhum fenômeno climático ao longo do período que se estende até setembro. De acordo com os especialistas teremos o que na meteorologia chama-se de neutralidade. A previsão do Fórum Climático Catarinense, previsão de consenso dos meteorologistas de SC, é que a chuva ainda possa ficar abaixo da média em julho e mais dentro do padrão em agosto. Previsão que faz ter atenção com a estiagem.

Para amanhã, sexta-feira uma frente fria passa pelo oceano e afeta mais a região oeste, serra e o sul de SC. Uma massa polar no RS, ocasiona queda da temperatura no sul de SC. Alterna céu nublado a intervalos de poucas nuvens a claro. Possibilidade de chuva isolada de madrugada/manhã entre o oeste, serra e sul de SC, pouca chance nas demais áreas.

O Inverno 2018 começou oficialmente às 7h07, horário de Brasília. O início da estação é definido pelo Solstício de Inverno – a noite mais longa do ano. O inverno vai até o dia 22 de setembro, quando acontece o Equinócio da Primavera, no Hemisfério Sul.

No Inverno, além das temperaturas mais baixas, as noites são mais longas e os dias são menores. À medida que a Primavera se aproxima, o comprimento dos dias vai aumentado até que no equinócio as noites e os dias tem o mesmo comprimento. O comprimento dos dias aumenta até o solstício de Verão e depois torna a diminuir até ficar igual ao comprimento da noite no equinócio de Outono.

O horário do início das estações varia a cada ano. De acordo com os especialistas, essa diferença se deve ao período de translação da Terra – aproximadamente 365 dias e 6 horas, ou precisamente 365 dias, 5 horas, 48 minutos e 46,08 segundos. A cada quatro anos, ocorre o ano bissexto, com 366 dias para compensar essa defasagem.