DSC_0213A língua é um pouco diferente, mas a vontade de aprender e conhecer um novo mundo estimula os jovens italianos e brasileiros. É com essa expectativa que Hilary Cescon, 20 anos, está em Criciúma. Ela integra a comitiva de italianos da cidade de Vitório Venetto que chegou à região nesta segunda-feira (31). “Quero conhecer uma cultura nova e fazer amizades”, afirmou Hilary.

Assim como os demais colegas, Hilary ficará hospedada na casa de criciumenses. Quem a recebe é a colaboradora da Satc Vanessa Miotelli. “Já vínhamos conversando pelo watts. Às vezes a língua é um problema, mas damos um jeito, reformulamos a pergunta. Acredito que a troca de experiências vai ser grande”, ressaltou Vanessa.

Hilary e outros 13 colegas estão acompanhados do professor Silvano Tocchet, do Instituto de Instrução Superior de Vitório Venetto, que fica na região norte da Itália. É a sexta vez que ocorre o intercâmbio de estudantes. “A união de duas realidades escolares que vai enriquecer muito a bagagem cultural e humana de todos”, destacou Tocchet.

O grupo que hoje recebe os jovens da Itália estará fazendo o caminho de volta no início de outubro, quando alunos e professores da Satc ficarão duas semanas em solo italiano. A primeira viagem ocorreu em 2003. “Queremos despertar o jovem para esse mundo novo”, ressaltou o ex-diretor da Satc, Iraíde Piovesan, um dos incentivadores do intercâmbio.

Durante as duas semanas em que ficarão aqui, os jovens italianos vão conhecer a Satc, farão visitas a indústrias de segmentos diferenciados e a pontos turísticos. “Não é somente a troca de experiências que permanece, mas as amizades que vão surgindo e marcando a vida de todos”, comentou o diretor executivo da Satc, Fernando Zancan.

Redação Portal Satc (www.portalsatc.com)