Foto: Facebook
Foto: Facebook

O possível assassino da jovem Caroline Ghizoni Slachta, de 18 anos, compareceu à Polícia Militar se apresentando como o autor do homicídio. A moça foi encontrada morta com 37 facadas em sua cama, no Bairro Estação Cocal, em Morro da Fumaça, na quinta-feira, 8. Conforme informações da polícia, o homem, G.P.F.P, é vizinho da vítima e teria conhecimento do esconderijo da chave da residência, guardada pela mãe da jovem.

O suspeito foi encaminhado para a delegacia de Criciúma e ao final da tarde poderá ser levado ao presídio Santa Augusta. O homem já tem passagem pela polícia por estupro, que na ocasião anterior foi comitido contra uma cunhada sua, talvez de outro relacionamento. Responsável ainda é casado e tem uma filha ainda pequena. Caroline foi encontrada pelo avô, ás 8h40, seminua e brutalmente ensanguentada.

Mais informações serão passadas em coletiva marcada para as 18h e que será concedida pela Divisão de Investigamentos Crimais de Criciúma (DIC).

Portal Clicatribuna