O juízo da Vara Criminal da comarca de Laguna condenou um homem de 27 anos pelo crime de extorsão com resultado morte a pena de 34 anos e seis meses de reclusão, em regime inicial fechado. O crime aconteceu em janeiro deste ano, no Bairro Portinho, cidade-sede da comarca.

Segundo a denúncia do Ministério Público, o réu residia no município há poucos meses, onde se envolveu com tráfico de drogas e contraiu uma dívida de R$ 1.500, com prazo de pagamento em sete dias. A vítima, que se relacionava com o acusado e de quem comprava drogas, contraiu com ele uma dívida de R$400.

Ao tomar conhecimento que a mulher receberia uma herança, exigiu dela o dinheiro e chegou inclusive a seguir com ela até uma agência bancária. Porém, na data final para pagamento de sua dívida de drogas, o denunciado não conseguiu a quantia e constrangeu a mulher a lhe entregar o dinheiro, mediante violência praticada com vários golpes pelo corpo, especialmente na cabeça e na face, além de estrangulamento com um fio, que causaram sua morte por asfixia.

O réu foi condenado pelo crime de extorsão com resultado morte e com a incidência das agravantes do motivo torpe, meio cruel e reincidência, a pena de 34 anos, seis meses e 21 dias de reclusão, em regime inicial fechado. Cabe recurso da decisão ao TJSC. O processo tramitou em segredo de justiça.​