Mais R$ 2 milhões serão destinados para a construção do novo Hospital em Braço do Norte, pelo governo do Estado. O recurso foi assegurado em reunião no fim da semana passada, entre a diretoria do Hospital Santa Teresinha, a Secretaria de Saúde e a Secretaria de Desenvolvimento Regional de Braço do Norte.
O secretário-adjunto da saúde, Acélio Casagrande, afirmou que o recurso de R$ 1,2 milhão já investido na obra deu bons resultados. “Em maio do ano passado repassamos o dinheiro e com ele foi dado início aos trabalhos de fundamentos do início do prédio”, destaca.
Hoje, a obra aguarda os novos recursos para ter sua sequência. De acordo com a diretora do hospital, Maria Celir Tenfen, a conclusão do prédio está orçada em R$ 7 milhões. “O governo está sendo nosso principal parceiro, pois já garantiu 50% da obra. Em maio vamos lançar uma campanha para mobilizar toda a sociedade regional e vamos buscar junto à população nossa contrapartida para a conclusão”, explica.
Acélio ainda destacou que todos os hospitais do Estado serão informatizados, para garantir o bom atendimento na saúde. “Vamos ganhar tempo e dinheiro. O Pacto pela Saúde é um programa que tem como objetivo fazer nosso Estado ser o número um em qualidade e eficácia em todo o país”, salientou.

Policlínica
O secretário-adjunto afirmou que o aporte para o hospital não é a única notícia importante para a região de abrangência da SDR de Braço do Norte. “Existe a possibilidade de construirmos uma policlínica na região, pois o Pacto por Santa Catarina contempla uma unidade na Amurel. Mas, para que a região ganhe mais esse complexo, precisa estar unida e se mobilizar para que, de fato, o projeto se concretize”, apontou. “Temos uma unidade disponível para a região da Amurel e Tubarão já afirmou que não tem espaço físico para a construção. Agora vamos juntar os secretários regionais e debater o assunto, que deve ser decidido nos próximos dias, pois o recurso para iniciar as obras já está no caixa”, destacou Casagrande.

Diário do Sul