Em breve, máquinas e trabalhadores estarão a postos para a pavimentação da rodovia SC-442, entre Cocal do Sul e o distrito de Estação Cocal, em Morro da Fumaça. O governador Carlos Moisés assinou a ordem de serviço para a finalização das duas extremidades da via, numa extensão de aproximadamente quatro quilômetros. O ato foi realizado na rotatória entre a SC-442 e a SC-108, em Cocal do Sul.

“Foi uma obra que precisou vencer trâmites burocráticos, mas conseguimos e chegamos hoje a um dia festivo, que é a assinatura da ordem de serviço. Esse investimento teve uma participação muito importante dos deputados da região, dos prefeitos e das empresas, que levaram essa demanda e o resultado está aparecendo”, afirmou o governador.

Ele destacou a necessidade de tirar do papel os projetos de infraestrutura e dar condições adequadas para o desenvolvimento econômico e social. “Quando você facilita a vida do empresário, você atrai investimentos, gera emprego e renda para os catarinenses. Investir em infraestrutura não é gasto, é um investimento que dá retorno, inclusive com mais arrecadação para o Estado, que se traduz em mais educação, saúde, segurança”, destacou o governador.

Sobre a obra

A obra inclui a pavimentação no trecho de 762 metros em Cocal do Sul, que passa entre as unidades fabris da Eliane Revestimentos, e de 3,2 quilômetros no contorno do distrito de Estação Cocal. O principal benefício será facilitar o escoamento da produção das áreas industriais situadas na rodovia, além de garantir mais qualidade e segurança à ligação entre os dois municípios. Para Morro da Fumaça, a obra evitará o tráfego de veículos pesados em uma área residencial no distrito de Estação Cocal, já que o projeto prevê um contorno à localidade.

O consórcio Setep-Iguatemi foi o vencedor da licitação e está responsável tanto pela atualização do projeto quanto pela execução da obra. De acordo com o secretário de Estado da Infraestrutura, Thiago Vieira, o investimento é de R$ 8,4 milhões. “A partir da ordem de serviço, que foi assinada hoje, há um período de atualização do projeto, que é de aproximadamente 60 dias, para então iniciar a execução. O trajeto para o escoamento da produção irá diminuir em cerca de 21 quilômetros, aumentando a competitividade das empresas”, explica o secretário.

Importância para a região

O prefeito de Cocal do Sul, Fernando de Fáveri, comemorou o início das obras. “O desenvolvimento da nossa cidade está ligado a essa conclusão. A ligação com a BR-101 passa pela SC-442. A obra teve início em 2014 e, agora, o governador Moisés e sua equipe vão realizar esse sonho dos dois municípios e do Sul do Estado”, declarou.

Avaliação semelhante fez o prefeito de Morro da Fumaça, Agenor Coral. O município completou 59 anos de emancipação nesta quinta-feira. “É uma luta antiga, estávamos em um impasse muito grande quanto a finalização, o que vinha causando um transtorno muito grande. Considero um presente para o nosso município, agradeço muito o governador”, afirmou.

Também participaram do ato o deputado federal Ricardo Guidi, os parlamentares estaduais José Milton Scheffer, Ada de Luca, Rodrigo Minotto e Volnei Weber, o chefe da Casa Civil, Eron Giordani, o secretário de Estado da Educação, Luiz Fernando Vampiro, e o diretor de Relações Institucionais da Eliane Revestimentos, Otmar Müller, além de vereadores e lideranças locais.

Ainda em Cocal do Sul, durante o deslocamento da agenda de trabalho, o governador parou em um posto de saúde para agradecer os profissionais em razão do trabalho prestado durante a pandemia. Ele permanece na região até essa sexta-feira, com anúncios de investimentos para municípios da região Carbonífera e do Extremo Sul.