O filme ”Albertina”, gravado com a participação de cerca de três mil moradores da região de Imaruí, recebeu o prêmio de melhor longa-metragem no festival de cinema independente Wica, em Los Angeles (World Independent Cinema Awards L.A.). A notícia foi divulgada neste domingo (18).

As irmãs Suieny e Jhulieny Espíndola, que interpretam Albertina, também saíram com os prêmios de melhores atrizes. O filme recebeu ainda o prêmio de melhor roteiro de longa estrangeiro, para Chico Capriano.

Legendado em seis idiomas, o filme gravado em 2020, antes da pandemia, conta a história que se passa no início do século 20, de Albertina Berkenbrock, que já foi beatificada pelo Vaticano. O filme pode ser adquirido pelo site https://www.boanovafilms.com/19/albertina/.

“Albertina” também foi indicado em cinco categorias no World Film Festival, de Cannes. A premiação francesa está agendada para o próximo ano e os vencedores recebem a “fada de ouro”, símbolo da premiação.

Fonte: Sul Agora