A comissão organizadora do centenário da Capela Nossa Senhora dos Campos do KM 107 em Lauro Müller, convida a todos para participarem da festa na comunidade que será nos dias 13 e 14 de julho.

História da comunidade

Conhecida no início do século XX como Corte da Marcela, nome dado pelos construtores ingleses da estrada de ferro, a comunidade de Quilômetro Cento e Sete teve sua colonização iniciada em 1913, por imigrantes italianos.

O nome foi sugerido pelos ingleses porque no lugar havia a planta Marcela em abundância. Mas o local também já foi conhecido como Poço do Tigre, pois segundo idosos havia um poço onde dormia uma fera. A comunidade é conhecida agora como referência da distância da linha férrea entre o Porto de Imbituba e a comunidade.

Os colonos imigrantes construíram uma pequena capela assim que instalaram-se no local, que depois deu lugar a atual erguida em 1945. A comunidade é devota a Nossa Senhora dos Campos. Um quadro com a figura da padroeira foi trazida da Itália por uma das famílias imigrantes e permaneceu na capela até ser substituída pela atual imagem.