Tubarão, em breve, deverá receber novas obras do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), referentes à duplicação da BR-101. O anúncio das novas licitações foi feito ontem pelo superintendente do Dnit no Sul de Santa Catarina, Avani Aguiar de Sá, durante visita às obras da BR-101. À vistoria é promovida pela Comissão Parlamentar em Defesa da Conclusão das Obras da BR-101, liderada pelo deputado federal Ronaldo Benedet.

A visita foi acompanhada pelo deputado estadual Manoel Motta e também pelo prefeito Olavio Falchetti, além da equipe de fiscalização do Crea/SC. Entre as obras anunciadas está a construção de uma nova ponte sobre o Rio Tubarão. Inicialmente, a antiga ponte Ferraz-Cavalcanti seria revitalizada para seguir o novo padrão do Dnit, no entanto, o órgão federal resolveu fazer uma nova ponte. “O valor de uma nova obra e a revitalização é o mesmo, então o Dnit, em Brasília, decidiu por uma nova obra. A diferença entre elas é o valor da demolição.

O Dnit já está com os projetos prontos, tanto da nova estrutura quanto da demolição, e deve lançá-los em breve”, adianta Avani. A nova ponte está avaliada em R$ 16 milhões e a demolição, em R$ 6 milhões. Também para Tubarão foram anunciadas licitações das chamadas obras complementares à duplicação. Uma delas é a iluminação dos viadutos e das vias laterais. Outro processo é o de construção de três passarelas para pedestres: uma próximo ao trevo da avenida Patrício Lima, outra em frente à Unisul e a terceira no bairro São Cristóvão.

Para Capivari, também foram anunciadas obras: uma nova ponte sobre o Rio Capivari, alargamento e revitalização da atual e, ainda, a construção de uma via lateral próximo à Tractebel, para facilitar o acesso de Tubarão a Capivari de Baixo. As licitações serão feitas pelo Regime Diferenciado de Contratação (RDC). Esse modelo foi criado para dar agilidade às obras do PAC, das Olimpíadas e da Copa do Mundo. Na região, já foram licitados por este modelo a ponte Anita Garibaldi, o túnel do Morro do Formigão e a construção do campus do IFSC, em Tubarão. Durante a vistoria, o prefeito Olavio aproveitou para conversar com o engenheiro Avani sobre o processo de revitalização da rua Padre Geraldo Spettmann.

Segundo o Jornal Diário do Sul, a intenção é que o Dnit execute a obra, uma vez que a via sofreu impacto com as obras de duplicação. “Vamos conversar com o superintendente do Dnit no Estado, João José dos Santos, para saber como está o processo, porque o Dnit já tinha sinalizado que poderá realizar a obra”, afirma Olavio. Deputado se preocupa com indefinições Para o deputado federal Ronaldo Benedet, as obras visitadas ontem estão com bom andamento. “Daquilo que já está sendo feito, o andamento vai bem e os prazos devem ser cumpridos.

O que me preocupa são as indefinições, como as licitações que ainda não foram feitas, como a do túnel do Morro os Cavalos e da Ponte Cavalcanti. São coisas que demoram e precisam ser resolvidas com a maior agilidade possível”, afirma. A vistoria foi realizada no lote 29, entre Araranguá e Sombrio, e em Tubarão, no túnel do Morro do Formigão e também o lote 25, entre Capivari de Baixo e Laguna. Nesta terça-feira, o grupo fará a avaliação das obras da ponte estaiada Anita Garibaldi, em Laguna.