Com 4.286 votos, o equivalente a 52,52% do total, Décio Góes (PT) garantiu a eleição para prefeito de Balneário Rincão. O petista, que já tinha vencido a disputa em outubro, ainda aumentou a diferença em relação ao adversário Jairo Custódio (PMDB), que fez 3.875 votos (47,48%). Em outubro, na primeira eleição, Góes venceu Custódio por apenas 51 votos de diferença.

Com a experiência de ter governado Criciúma, o petista aponta que a tarefa inicial da primeira gestão do novo município é um plano diretor que mostre claramente onde pode construir e onde deve conservar.

– Esse lugar é abençoado por Deus. Rincão tem tudo para ser uma cidade-jardim.

O resultado da eleição suplementar de Balneário Rincão mudou o que Décio Góes já estava considerando uma sina: vencer a disputa, mas não assumir o cargo. Em 2004, o petista teve a reeleição como prefeito de Criciúma impedida pela decisão judicial que considerou que houve abuso de poder político e econômico em sua campanha.

 

Diário Catarinense