Os trabalhadores de seis empresas carboníferas, sediadas em cinco cidades da região, entrarão em greve neste domingo, dia 6, a partir das 7 horas. Uma assembleia, entre os mineiros, aconteceu na manhã deste sábado, dia 5. Com mais de 400 presentes, eles definiram pela paralisação, pois não houve acordo com os empresários.

A greve envolve cerca de três mil mineiros que trabalham em Lauro Müller, Urussanga, Içara, Siderópolis e Treviso. Houve uma reunião, na noite de sexta-feira, com tentativa de conciliação, mas não aconteceu um acordo. Os empresários chegaram a propor alguns pontos solicitados pelos trabalhadores, como a assistência médica integral para quem tiver acidente de trabalho, porém, os funcionários ainda exigem outros pontos que não foram alcançados.