O corpo do segundo menino arrastado por uma correnteza em São Ludgero foi encontrado na manhã de ontem. Eduardo da Cruz, de nove anos, estava a seis quilômetros de onde ele e o primo Hevitor Cristian da Silva Faustino, de oito anos, desapareceram, no dia 26.

Os bombeiros encontraram a criança por volta das 7h20. Segundo os bombeiros, o corpo foi localizado por um morador próximo à comunidade de Ponte Baixa. Hevitor foi localizado na manhã de segunda-feira, e sepultado no cemitério da cidade no mesmo dia.

Hevitor e Eduardo desapareceram enquanto brincavam às margens do Rio Braço do Norte. Eles teriam sido arrastados pela correnteza. Um terceiro menino tentou resgatá-los, mas ao ver que não conseguiria, retornou e pediu socorro. Familiares chegaram a afirmar que as crianças costumavam atravessar o rio para apanhar frutas do outro lado da margem.

Na escola onde os primos estudavam, no Centro Educacional Professor Henrique Buss, uma homenagem foi prestada aos meninos. Fotos de ambos foram publicadas com um texto de despedida. “Nossos corações estão despedaçados e entristecidos.Que Deus envie muita força para os pais e familiares, para seguirem em frente. Nossos anjinhos, Hevitor e Eduardo, sempre teremos ótimas recordações de vocês. Descansem em paz, queridos”, diz a nota.

Diário do Sul