Investir no futuro e dar oportunidades é a prática que a Librelato S.A. Implementos Rodoviários adotou, através do projeto Jovem Aprendiz. Ontem a noite, 04 de junho, a unidade de Capivari de Baixo da Librelato S.A. Implementos Rodoviários reuniu, no auditório da ACIT em Tubarão, os Jovens Aprendizes para uma confraternização junto aos pais.

O projeto Jovem Aprendiz é desenvolvido em todas as unidades produtivas da Librelato. Hoje, a empresa conta com 74 jovens entre 15 e 22 anos de idade. Em Capivari de Baixo o projeto conta com 16 jovens. A cerimônia foi realizada com um coquetel, a presença da gerente de gestão de pessoas Ivanize Bez Batti Gonçalves, o coordenador pedagógico do SENAI Carlos Wagner Medeiros e a psicóloga da unidade de Capivari de Baixo, Luiza Locks.

O jovem aprendiz Arthur Biehl André fez um depoimento que citou os pontos principais do projeto. “Estamos em contato com o conhecimento técnico de todas as áreas e da rotina operacional de uma grande empresa. É uma porta de formação para a vida. Uma oportunidade de aprendizagem e emprego”, garante Arthur.

Ainda durante o evento, o coordenador pedagógico Carlos Wagner Medeiros falou sobre o incentivo que o projeto proporciona. “Neste programa é estimulada a valorização da mão de obra local. A grande vantagem é que os jovens aprendem como funciona o trabalho em equipe. E, estar em uma grande empresa trará muito conhecimento e oportunidade. É uma honra para o SENAI fazer parte deste projeto”, pontua Medeiros.

Os pais entregaram os bótons “Orgulho de ser um Jovem Aprendiz” para seus filhos e, os jovens receberam uma pasta personalizada com material didático que será usada durante o projeto. Os jovens aprendizes permanecem na empresa por vinte e três meses, sendo que no setor administrativo os jovens trocam de setor a cada seis meses e, na indústria trocam a cada dois meses.

Colaboração: Fabrine Jeremias