A diretoria do Consórcio Intermunicipal Caminhos dos Cânions do Sul recebeu nesta segunda-feira, 13, a informação de que o Geoparque foi indicado para endosso como Geoparque Mundial da Unesco.

Em sua sexta reunião estatutária, realizada online entre os dias 8 e 11 de dezembro, o Conselho Global de Geoparques da UNESCO avaliou 18 novas solicitações de geoparques globais da UNESCO (apresentadas em 2019 e 2020). Como resultado desse exame minucioso e na presença de mais de 50 observadores e representantes de mais de 30 Estados Membros, o Conselho Global de Geoparques da UNESCO propôs encaminhar a indicação de 8 novos geoparques globais da UNESCO ao Conselho Executivo da UNESCO, para seu endosso durante a sessão de primavera que será realizada em 2022. O Geoparque Aspirante Caminhos dos Cânions do Sul está entre os Geoparques indicados. Também faz parte desta lista o Geoparque Seridó, do Rio Grande do Norte.

Isso significa que o relatório produzido a partir da visita dos avaliadores à região foi aprovado e que o Geoparque Cânions do Sul cumpre os requisitos para integrar a Rede Global de Geoparques de acordo com as diretrizes da UNESCO. A diretoria do Consórcio aguarda agora o endosso que confere a chancela.

Se o Conselho Executivo da UNESCO endossar o resultado do Conselho durante sua sessão da primavera, a designação desses novos locais eleva o número total de locais da Rede Global de Geoparques da UNESCO de 168 para 177, em 46 países.

Os geoparques globais da UNESCO são áreas geográficas únicas e unificadas, onde locais e paisagens de importância geológica internacional são gerenciados com um conceito holístico de proteção, educação e desenvolvimento sustentável. Eles aplicam uma abordagem de baixo para cima, combinando conservação com desenvolvimento sustentável e envolvendo as comunidades locais.

O reconhecimento classifica a região como um destino de interesse internacional, inserindo os Cânions do Sul na Rede Mundial de Geoparques (Global Geoparks Network), e destaca o território como o segundo geoparque brasileiro.

O Geoparque Cânions do Sul apresenta área total de 2.830 km2 e cerca de 74 mil habitantes. Fazem parte, os municípios de Cambará do Sul, Mampituba e Torres, no Rio Grande do Sul; e Praia Grande, Jacinto Machado, Morro Grande e Timbé do Sul, em Santa Catarina.

Priscila Ventura Gamba/Ascom/CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL CAMINHOS DOS CÂNIONS DO SUL