Dois argentinos foram presos na tarde deste sábado (2) no Aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis, suspeitos de aplicar golpes em hotéis e restaurantes. Os jovens estrangeiros, de 20 e 19 anos, foram detidos pela Polícia Federal quando tentavam embarcar.

Eles foram encaminhados para a Central de Plantão Policial (CPP) do Norte da Ilha, nos Ingleses, onde prestaram depoimento. De acordo com a polícia, os argentinos agiam em trio. Eles se hospedavam em hotéis e pagavam a conta com transações eletrônicas feitas com cartões de crédito de clientes de outros países.

Em Florianópolis, eles teriam se hospedado em pelo menos três hotéis: dois na Lagoa da Conceição e um no Norte da Ilha. De acordo com a polícia, eles foram reconhecidos após a divulgação de imagens de golpistas que deram um prejuízo de R$ 3 mil em um hotel no Norte da capital.

Segundo a polícia, não foi encontrado nenhum cartão de crédito com eles. Até as 22h deste sábado, o terceiro suspeito ainda não foi detido, mas a polícia já tem nome dele. O valor dos golpes não foi divulgado, mas, de acordo com a polícia, seria alto, já que os argentinos se hospedavam em bons hotéis.

Como os crimes ocorreram na semana passada, não foi possível realizar flagrante. Após prestar depoimento, a dupla foi liberada. Segundo a polícia, eles iriam entrar em contato com o consulado para tentar embarcar para a Argentina ainda neste sábado, já que não há impedimento legal. Os suspeitos devem responder pelo crime de estelionato. O caso será investigado pela Polícia Federal.

Diário Catarinense