O cancelamento de um evento de dança previsto na programação oficial dos 102 anos de emancipação político-administrativa de Orleans gerou polêmica neste domingo, dia 30. O assunto, assim como a questão de falta apoio cultural, foi debatido nas redes sociais.

Conforme a programação, as apresentações de dança da Academia Corpo Total teriam início às 20h, na Praça Celso Ramos. Porém, neste horário, o palco e os equipamentos de som já estavam desligados sem qualquer comunicação prévia sobre o cancelamento do evento, fato deixou muitas pessoas revoltadas, especialmente as mães das bailarinas que já estavam prontas para as apresentações.

A professora e coreografa da Academia Corpo Total, Rosimeri Debiasi Niehues, foi procurada pela reportagem Ligado no Sul, mas sua secretária informou que ela só se manifestará amanhã, quando irá até a Prefeitura de Orleans em busca de informações. A reportagem também manteve contato com o secretário de Cultura, Leomar Brugnara, que afirmou que apresentará a versão da Administração Municipal sobre o assunto somente amanhã.

Stéphanie Piava/Ligado no Sul