A jovem de 21 anos que desferiu uma punhalada e provocou a morte do companheiro na noite de domingo em Criciúma vai responder ao homicídio em liberdade. A decisão foi tomada pelo judiciário após a audiência de custódia. Durante depoimento a jovem alegou que não tinha a intenção de matar e que desferiu o golpe para se defender e acabar com as agressões que estava sofrendo.

O crime foi registrado na noite de domingo. Segundo a autora ela e o companheiro iniciaram uma discussão após ela avisar que queria interromper o relacionamento. Agredida verbal e fisicamente ela deixou o quarto e foi para a cozinha. Como as agressoẽs recomeçaram ela pegou uma faca de serra e golpeou a virilha de Otávio Gabriel Rodrigues, que acabou morrendo.